Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

Creme da Buona Vita trata área dos olhos dos homens

O mercado brasileiro de beleza masculina está crescendo rapidamente. Dados da Euromonitor International preveem que, até 2019, esse mercado será de 7,1% a cada ano; já a consultoria Nielsen indica que os homens já respondem por 35% dos gastos realizados pelos brasileiros em itens de higiene e beleza.

Seguindo essa tendência, a Buona Vita lança Área dos Olhos, da linha Capitão Jack, que conta com quatro produtos. “O produto oferece cuidados essenciais para a pele masculina, conta com sensorial especialmente desenvolvido para agradar os homens, sempre conferindo efeito mate e rápida absorção”, explica Celina Lis, farmacêutica da Buona Vita.

A presença de Cafeisilane C na formulação ajuda reduzindo o edema e bolsas. O produto deve ser aplicado ao redor dos olhos, com movimentos suaves de dentro para fora na pálpebra superior e, de fora para dentro na pálpebra inferior, duas vezes ao dia.

© 2017 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

Thermolat: novo ingrediente da Symrise tem ação aquecedora

O novo princípio ativo sensorial da Symrise proporciona uma suave sensação de calor sobre a pele, semelhante à de um raio de sol. Com o nome de Thermolat, ele foi desenvolvido para entrar na composição de cremes, géis e bálsamos e produz efeitos duradouros, com a vantagem de não provocar sensação de ardência ou queimação. "Comparado com o (...)

+ informações
Palavra de especialista
Surpreendendo a geração paradoxal

Lipotec - Lubrizol
Surpreendendo a geração paradoxal

Nós ouvimos sobre a geração Millennial em todos os lugares. Representando mais de um quarto da população global, eles são hoje, a geração mais influente e a mais difícil de compreender devido às suas diversas contradições. Os Millennials vivem suas vidas online, mas amam as interações da vida real. Eles são democráticos e inclusivos, mas pedem (...)

+ informações

Seções