Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Radar

The Body Shop e Cruety Free lançam campanha contra testes em animais

A The Body Shop e Cruety Free lançaram uma campanha par solicitar uma convenção internacional para proibir em definitivo os testes em animais com finalidade cosmética.

A campanha tem como objetivo influenciar a legislação dos 189 países signatários da ONU, levando em consideração que 80% do mundo ainda permite testes em animais na indústria cosmética, inclusive o Brasil, onde o processo para banir essa prática ainda está em tramitação.

No Brasil, a campanha acontece nos todos os pontos de venda, no site e nas redes sociais da marca, convidando os clientes a assinarem a petição.

A The Body Shop acredita que testes com animais em produtos e ingredientes são antiquados, cruéis e desnecessários. Por isso, estamos à frente da mais ambiciosa campanha da marca para buscar a proibição global do uso de animais para testar produtos e ingredientes com finalidade cosmética. Nossa expectativa é coletar mais de 200 mil assinaturas no Brasil”, explica Karina Meyer, Diretora de marketing da The Body Shop Brasil.

© 2017 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

Centdegrés desenha o novo eau de parfum masculino de Eudora, Impression

O recém lançado eau de parfum masculino de Eudora, Impression, fala de um homem sofisticado, que soube criar e aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu para evoluir. Com notas amadeiradas e ambaradas, a fragrância é baseada em cistus labdanum, musk e patchouli. A Centdegrés foi escolhida para representar através do design do (...)

+ informações
Palavra de especialista
EUA: Varejo em festa no feriadão

Laurence Bacilieri
EUA: Varejo em festa no feriadão

Nos Estados Unidos, os resultados das vendas do fim de semana de Thanksgiving (24-27 de novembro) prometem deixar o varejo de excelente humor. Neste ano, 45% dos americanos já tinham começado a fazer as compras para as festas antes de 1° de novembro. Embora 79% dos comerciantes tivessem lançado descontos e promoções mais cedo que no ano (...)

+ informações

Seções