Siga-nos twitter facebook
Edição: Brasil
Clique aqui para recebernossa newsletter gratuita cliquez ici
Regulamentação

Estados Unidos proíbem microesferas de plástico em cosméticos

Em 28 de dezembro de 2015, o presidente Barack Obama assinou o projeto de lei H.R. 1321 que proíbe a fabricação e comercialização, no território americano, de cosméticos com enxágue que contenham microesferas de plástico.

O Microbead-Free Waters Act of 2015 contou com apoio de parlamentares dos (...)

O Microbead-Free Waters Act of 2015 contou com apoio de parlamentares dos partidos Democrata e Republicano. A nova legislação, adotada pela Câmara dos Deputados em 7 de dezembro e pelo Senado em 18 de dezembro de 2015, foi promulgada pelo presidente americano Barack Obama em 28 de dezembro último.

A nova lei (Microbead-Free Waters Act of 2015) proíbe "a fabricação e a venda, nos estados da federação, de cosméticos que devam ser enxaguados após o uso, e nos quais tenham sido voluntariamente inseridas microesferas de plástico".

A nova legislação americana, que conta com o apoio de parlamentares tanto do partido Democrata como do partido Republicano, tinha sido adotada em 7 de dezembro pela Câmara de Deputados e em 18 de dezembro pelo Senado.

Microbead-Free Waters Act of 2015

O texto define microesferas de plástico como "qualquer partícula sólida de plástico, de tamanho inferior a 5 milímetros, destinada à exfoliação ou à limpeza total ou parcial do corpo humano". Além disso, indica explicitamente que os dentifrícios fazem parte da categoria de "cosméticos que devam ser enxaguados após o uso", como especificado na proibição.

Concretamente, a nova lei proíbe a fabricação desse tipo de produto a partir de 1° de julho de 2017, enquanto a proibição da venda passa a vigorar em 1° de julho de 2018. No entanto, no caso de cosméticos considerados pelo governo americano como medicamentos sem receita (protetores solares, por exemplo), a proibição relativa à fabricação só entrará em vigor em 1° de julho de 2018 e a proibição de comercialização, em 1° de julho de 2019.

O Personal Care Products Council celebrou a adoção da nova lei, que "institui um processo pragmático em escala nacional, beneficiando tanto os consumidores como a indústria".

Vários estados americanos já tinham votado suas próprias leis de proibição do uso de microesferas. A nova legislação federal vem harmonizar o processo de interdição iniciado por esses estados.

A persistência de resíduos de plástico no meio ambiente marinho e fluvial vem gerando crescente preocupação no público. Na Europa, a associação Cosmetics Europe, que reúne fabricantes da indústria de cosméticos, recomenda o ano de 2020 como data limite para a supressão do uso desses ingredientes em produtos cosméticos com enxágue.

Vincent Gallon
(Tradução: Maria Marques)

© 2016 - Brazil Beauty News - www.brazilbeautynews.com

mais recentes
Foco
Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Qualipac e Verescence vencedores do Prêmio Luxe Pack in Green Monaco 2018

Na 31ª edição da feira Luxe Pack Monaco, o júri do Luxe Pack in Green Awards, um prêmio anual que reconhece as soluções de embalagem mais ecológicas no setor de luxo, bem como as ações corporativas responsáveis, designou os vencedores do ano 2018. Qualipac ganha o prêmio na categoria Packaging Solutions O preço da melhor solução de (...)

+ informações
Palavra de especialista
Espiritualidade, fonte de inspiração para cosméticos - Tendências nos EUA

Cosmetics Inspiration & Creation
Espiritualidade, fonte de inspiração para cosméticos - Tendências nos EUA

Conquistando cada vez mais espaço nos últimos anos, o poder das pedras é novamente a tendência da vez, alimentada pela busca de vitalidade, bem-estar e plenitude. Essa busca vai muito além da noção de bem-estar físico ou psíquico. Sem dúvida, a tendência se intensificou por ter encontrado na sociedade hiperconectada um terreno fértil, onde (...)

+ informações

Seções